• seg. jun 17th, 2024

“Guerra Civil”, protagonizado por Wagner Moura, domina as bilheterias e estabelece novos recordes nos EUA

By

O novo thriller distópico “Guerra Civil”, dirigido por Alex Garland, surpreendeu nas bilheterias norte-americanas e canadenses, arrecadando US$ 25,7 milhões. Essa impressionante conquista marca a primeira vez que um filme do estúdio independente A24 lidera as bilheterias na América do Norte, estabelecendo um novo recorde de estreia para a empresa cinematográfica.

Além disso, “Guerra Civil” registrou a maior abertura de um filme para maiores (classificado como “R” nos EUA) em 2024, superando outros lançamentos de grande bilheteria.

Surpreendendo as previsões Antes da estreia, as projeções sugeriam uma arrecadação de até US$ 20 milhões para “Guerra Civil”. No entanto, o filme superou essas expectativas, tornando-se o primeiro grande sucesso da A24. Antes dele, o terror “Hereditário” detinha o recorde de maior abertura do estúdio, com US$ 13,6 milhões em 2018, ficando em 4º lugar.

Para a A24, o sucesso de “Guerra Civil” é especialmente significativo, já que representa o investimento mais alto da empresa até agora, com um orçamento de US$ 50 milhões, além de custos adicionais para marketing e distribuição. O filme é uma aposta ousada para o estúdio independente, com um elenco liderado pelo ator brasileiro Wagner Moura, abordando o tema sensível da polarização política nos Estados Unidos.

Tema polêmico e recepção A trama controversa de “Guerra Civil” retrata 19 estados se separando da União, formando um exército que confronta os estados do Leste dos EUA. Refletindo as divisões reais durante o governo de Donald Trump, o filme segue um grupo de jornalistas cobrindo os conflitos. Wagner Moura (“Narcos”), Kirsten Dunst (“Melancolia”) e Cailee Spaeny (“Priscilla”) interpretam os jornalistas, com roteiro e direção de Alex Garland, conhecido por “Ex-Machina” e “Aniquilação”.

As críticas têm sido principalmente positivas, resultando em 83% de aprovação no Rotten Tomatoes. No entanto, a opinião do público está dividida, refletindo possíveis tensões políticas. A A24 tem tradição em produzir filmes desafiadores e polarizadores.

Estreia no Brasil e reações A estreia no Brasil está agendada para quinta-feira (18/4), uma semana após o lançamento nos EUA. Militantes bolsonaristas planejaram boicotar o filme, principalmente devido a Wagner Moura, mas os boicotes foram mal-sucedidos até agora.

Outros destaques do Top 5 “Guerra Civil” foi o único grande lançamento do fim de semana nos EUA, com outros filmes em cartaz completando o ranking de bilheteria.

O filme protagonizado por Wagner Moura destronou “Godzilla e Kong: O Novo Império” do topo após duas semanas. Em segundo lugar, o longa da Warner Bros. e Legendary acrescentou US$ 15,4 milhões em sua terceira semana, ultrapassando US$ 157,9 milhões domésticos e US$ 361 milhões mundialmente.

“Ghostbusters: Apocalipse de Gelo” manteve-se em terceiro lugar com US$ 5,3 milhões, após quatro semanas em cartaz, enquanto “Kung Fu Panda 4” subiu para o quarto lugar com US$ 5,2 milhões em seu sexto fim de semana. “Duna: Parte Dois” retornou ao Top 5 com US$ 4,3 milhões em seu sétimo fim de semana, consolidando-se como o filme de maior bilheteria de 2024.